terça-feira, 28 de agosto de 2012

Bolo de fubá

Encontrei diversas receitas de bolo de fubá, mas a maioria tem o fubá em grande quantidade o que pra mim seria um bolo de milho, mas vamos a receita que eu uso.

Na minha cozinha tenho as medidas padrão para fazer as receitas. Não tenho o dom de muitas cozinheiras de fazer a olho e dar tudo certo. Comigo tem que ser tudo na medida certa, senão não funciona.

Ingredientes:

1 1/4 xícara de chá (300 ml) de farinha de trigo
1 1/4 xícara de chá (300 ml) de fubá
2 xícaras de chá (480 ml) de açúcar
1 1/4 xícara de chá (300 ml) de leite morno
1 1/4 xícara de chá (300 ml) de queijo parmesão ralado ou côco ralado sem açúcar (no caso do côco a melhor medida até agora foi uma pacote de 100g)
1 colher de sopa (11 g) de fermento em pó químico
1 colher de chá de sementes de erva-doce
1 xícara (240 ml) de óleo de canola
4 ovos
sal qb (quanto baste)
manteiga para untar a forma
canela em pó (opcional)

Modo de preparo:

- Misture em uma tigela a farinha de trigo e o fubá, uma pitada de sal e reserve;
- Misture o fermento, as sementes de erva-doce e o queijo ralado (ou côco) e reserve;
- Unte com manteiga uma forma redonda (com buraco no meio) de 30 cm de diâmetro. Polvilhe com açúcar (se preferir pode misturar um pouco de canela em pó no açúcar antes de polvilhar);
- Separe as claras dos ovos e reserve as gemas;
- Bata as claras em neve com a batedeira em velocidade máxima e reserve em um bowl. Acrescente 2 colheres do açúcar por cima e leve a geladeira;
- Pré aqueça o forno em temperatura média;
- Bata as gemas reservadas na batedeira com o açúcar restante até ficar bem embranquiçadas e espumosas (se a batedeira for do tipo planetária coloque um pouco do leita para facilitar);
- Com a batedeira em velocidade baixa,vá acrescentando alternadamente a mistura de farinha e fubá, o leite e o óleo, repetindo nesta ordem até terminarem os ingredientes.
- Desligue a batedeira e, misturando bem com uma colher de pau, adicione a mistura de fermento, erva-doce e o queijo (ou côco);
- Por último acrescente as claras em neve misturando delicadamente;
- Coloque a mistura toda na forma untada e leve ao forno médio por 45 minutos aproximadamente;
- Faça o teste espetando na massa um palito de dente, que deve sair seco.

Bom apetite!

PS.: A temperatura do forno depende de cada equipamento. Sugiro que faça uns testes antes de encontrar a temperatura certa. Eu ainda estou testando.

domingo, 8 de abril de 2012

Bacalhau no forno!

 

Ingredientes:

- 1 kg de bacalhau do porto em postas;
- 3 pimentões (vermelho, verde e amarelo);
- 1 kg de batata descascada e fatiada;
- 5 tomates fatiados;
- azeite extra-virgem QB (quanto baste);
- 500 ml de leite;
- 2 cebolas grandes cortada em rodelas.

Modo de preparo:

- Colocar o bacalhau em água doce 36 horas antes de servir e deixar na geladeira. Trocar a água a cada 12 horas até que fique totalmente desalgado;
- 3 horas antes de ir ao forno o bacalhau dever ser tirado da água, desalgado, e colocado numa vasilha com o leite;
- Ferver a batata fatiada por aproximadamente 10 minutos sem deixá-la muito mole;
- Retirar o bacalhau do leite, reservando o leite;
- Colocar na assadeira camadas de batata, e o bacalhau. O pimentão e a cebola já fatiados devem ser colocados enter as postas de bacalhau;
- O bacalhau deve ficar exposto se quiser que ele doure;
- Regar com o azeite;
- Juntar 1/2 copo do leite reservado e regar o bacalhau;
- Corrigir o sal;
- Levar ao forno por 1 hora e servir;

- Como apresentação, retirar a tampa e o centro de um tomate, encher com sal e colocar no centro da assadeira.

Bom apetite!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Continuando as receitas básicas aqui vai mais uma:
MASSA BÁSICA PARA PIZZA.

Ingredientes:
 
2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de fermento biológico (1 quadradinho)
1 colher de chá de açúcar
água para dar liga (aprox. 120 ml - 1/2 xícara de chá)
1 gema de ovo (opcional)

Preparo:
 
Em um bowl, misturar bem o fermento com um pouco de água (aquecida), o óleo e o açúcar (a gema de ovo entra neste momento).
Acrescentar o sal na farinha e misturar bem.
Colocar farinha e água aos poucos no bowl e ir misturando até dar liga e ficar firme sem grudar nas mãos. Amassar até ficar homogênea.
Deixar descansar por 3 a 4 horas, dependendo da temperatura ambiente.
Abrir a massa sobre a mesa enfarinhada e levar para pré assar.
Retirar do forno, colocar o molho de tomate, o recheio e retornar ao forno para assar em definitivo.
Servir em seguida.

buon appetito

domingo, 12 de junho de 2011

Doce de Abóbora

Outro dia estivemos no Rancho Arara Azul (www.ranchoararaazul.com.br) para comprar panela de barro. Saímos de lá com uma frigideira de ferro, uma panela de pedra e um caldeirão de cobre. O caldeirão compramos para fazer doces.
Hoje estreiei o caldeirão preparando um doce de abóbora.

O caldeirão foi aprovado e o resultado está na foto abaixo.

Restaurante Graça Mineira

Ontem estivemos no Graça Mineira (www.gracamineira.com.br) perto do metrô Santa Cruz.

O ambiente é muito agradável e o professor Rossi visita todas as mesas para acompanhar o serviço de seus funcionários e vez ou outra encontrar seus ex-alunos, que foi nosso caso. Fomos com um casal de amigos e o marido foi aluno do prof. Rossi.
Ele foi muito simpático e relembraram algumas passagens.
Pedimos uma porção de torresmo (minha perdição) e como prato principal o Mexida Mineira (mexido de carne-de-sol desfiada, feijão, arroz, couve, ovo; acompanha tutu, banana e torresmo). Mais torresmo.
Este mexido tem um sabor delicado e na medida perfeita de sal. Delícia.
De sobremesa pedimos Ambrosia, Doce de Abóbora e Sorvete (Vulcano).
A Ambrosia e o Sorvete nos deixaram maravilhados mas o Doce de Abóbora tinha gosto de cravo. O cravo é ingrato, pois se abusamos dele ele apaga todos os outros gostos.

Não saberia dizer se os pratos tem a receita original mineira, mas com certeza irei voltar.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Frisante Luna Rossa

Na minha última visita ao supermercado resolvi levar um frisante e na pressa fui pelo nome, sem olhar a procedência.
No rótulo está escrito: Luna Rossa Amabille Vinho branco Frisante Suave. O vinho é nacional da Vinícula Piagentini.
Não tenho nada contra os vinhos nacionais e os vinhos brancos nacionais são de ótima qualidade. O que não dá pra aceitar é colocar açúcar de cana para ficar suave.
Já tomei muito vinho com açúcar, mas depois que descobrimos os malefícios desta prática, não queremos mais isto para nós, não é mesmo?
Portanto, não comprem vinho sem ler todo o rótulo e cuidado com o nome para não ser enganado.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Massa para Macarrão e Salsa Pomodoro

Quero colocar aqui uma receita básica de massa e salsa pomodoro. Aprendi no curso de Capacitação Chef na Escola Nicolau Rosa (www.nicolaurosa.com.br).

MASSA BÁSICA

INGREDIENTES PARA A MASSA:
- 300 grs. de farinha de trigo especial
- 03 ovos
- 01 colher de sopa de óleo de canola
- 01 colher de chá de sal

PREPARO DA MASSA NA BATEDEIRA:
- misture o sal na farinha e coloque todos os ingredientes em uma batedeira. Com o gancho bata até obter uma massa homogênea e firme
- retire a massa da batedeira e sove um pouco com a mão até obter uma massa homogênea, firme e elástica.

PREPARO DA MASSA COM AS MÃOS:
- misture o sal na farinha, em uma superfície lisa e fria faça um monte com a farinha
- abra um buraco no meio formando um vulcão
- coloque os ovos no centro e o óleo 
- aos poucos vá misturando com as pontas dos dedos ou uma pazinha tomando cuidado para os ovos não vazarem, quando formar uma massa firme mexa vigorosamente, se a massa estiver pegajosa adicione mais farinha. Cuidado para não acrescentar muita farainha, para a massa não ficar muito pesada.
- sove a massa até obter uma massa homogênea, firme e elástica.

OBS:. As massas de macarrão devem ser bastante sovadas para que se forme glutens e consequentemente a massa adquira elasticidade.

INGREDIENTES PARA SALSA POMODORO:
- 1/2 Kg de tomate bem maduro (Débora ou Italiano) sem casca e sementes
- 1/2 cebola picada- 02 dentes de alho amassados
- 03 colheres de sopa de óleo de canola
- 01 ramo de manjericão
- sal Q.B.
- água quente Q.B

PREPARO DA SALSA POMODORO:
- em uma frigideira aqueça o óleo de canola, refogue as cebolas e depois o alho, coloque o tomate, deixe refogar bem, se for necessário adicione um pouco de água aquecida, deixe cozinhar tampado em fogo médio até os tomates ficarem macios mas não desmancharem, no final abra a panela e deixe reduzir um pouco, coloque as folhas de manjericão, corrija o sal e sirva sobre a massa cozida.